Quem paga salário do Paulinho?

Quem paga salário do Paulinho?

Quem paga salário de Paulinho?

O dinheiro é repassado ao clube, que efetua o pagamento ao jogador.

Quanto Corinthians pagou pelo Paulinho?

O clube chinês pagou 50 milhões de euros (cerca de R$ 227 milhões), de acordo com a imprensa espanhola. E o Timão tem direito a 0,857% do valor total por conta do mecanismo de solidariedade da Fifa.

Quanto a taunsa vai pagar ao Corinthians?

O valor total do contrato é de R$ 18 milhões, algo que já foi confirmado pelo diretor financeiro corintiano Wesley Melo, que em entrevista coletiva concedida no último dia 6 de maio admitiu que a quantia faz falta para o Timão, mas que o clube consegue sobreviver sem ela.

Quanto Paulinho ganha por mês no Corinthians?

3,64 milhões GBP (2013)Paulinho / Salário

Quem patrocina o Paulinho do Corinthians?

O meia Paulinho, do Corinthians, é o mais novo cliente da R9 Gestão Patrimonial e Financeira, empresa do Ronaldo Fenômeno. O family office vai auxiliar o jogador em questões financeiras, patrimoniais e familiares. O Timão fez um treino regenerativo depois da partida contra o Flamengo pela Copa do Brasil.

Quem vai pagar Paulinho no Corinthians?

Recentemente, em entrevista ao programa "Grande Círculo", do SporTV, sem citar o nome da empresa, o presidente corintiano, Duilio Monteiro Alves, disse que um patrocinador paga 100% da remuneração de Paulinho. O dinheiro é repassado à agremiação, que faz o pagamento ao jogador.

Quem paga salário Paulinho no Corinthians?

Recentemente, em entrevista ao programa "Grande Círculo", do SporTV, sem citar o nome da empresa, o presidente corintiano, Duilio Monteiro Alves, disse que um patrocinador paga 100% da remuneração de Paulinho. O dinheiro é repassado à agremiação, que faz o pagamento ao jogador.

Qual é a dívida do estádio do Corinthians?

O Corinthians e a Caixa Econômica Federal firmaram, na última segunda-feira, acordo pela quitação do empréstimo para a construção da Neo Química Arena. O valor atual da dívida é calculado em R$ 611 milhões, sendo que os naming rights do estádio vão 100% para esse fim (ou seja, R$ 300 milhões, no início do acordo).